Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Os meus anos 70 - Música

Quarta-feira, 07.09.11

 

Resolvi, porque essa é a minha natureza, manter o sol dos anos 70 na minha vida. Ir buscar sempre à fonte, a essa água transparente que ainda corre nalguma encosta esquecida. Como solta e alegre eu corria nesse tempo dos verões intermináveis. 

Esses foram os meus anos felizes, porque ainda não tinha visto o lado B que habitava fora desse lugar e dos meus sonhos secretos. Todas as manhãs e tardes que passei a ler, essa música ensolarada acompanhou-me, a marcar os dias.

Aqui irei colocar, uma a uma, as músicas dos meus anos 70, desses verões intermináveis, desses sonhos secretos.


Começo pelos America - A Horse With No Name.

 

Ainda é a mesma sensação de total liberdade, sol e nada mais, o eterno verão. Dá para ouvir a mordiscar maçãs, esqueci-me desse pormenor.

 

 

 

Um mês e meio depois: E não é que entretanto descobri outras duas composições dos America que me acompanharam muitos dias de verão? É o que faz espreitar o Youtube, reencontramo-nos com essa vitalidade juvenil. Aqui vão, caros Viajantes: Lonely People e Tin Man.

Não resisto a colocar aqui também este Sister Golden Hair. E já agora este You Can Do Magic.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 00:42

...

Segunda-feira, 02.08.10

 

Dizem-nos que não podemos captar o tempo

que o que passou passou por nós

e eu sorrio só para mim

 

Podemos eternizar esse tempo

essa é a nossa condição

é assim que nos mantemos no mundo

de outro modo tudo nos seria

insuportável

 

Volto por isso a esse tempo

que eternizo dentro de mim

como um filme sem princípio nem fim

mas com uma atmosfera, sempre amorosa

e uma claridade, de eterno verão

 

Nesse filme estão todas as pessoas que amei

e não me esqueço de nenhuma

e estamos num piquenique

e há risos e lembro-me de todas as vozes

todas

as suas entoações únicas e trejeitos muito próprios

e expressões e significados

cumplicidades que animam a alma

 

Não digo adeus

sou como os sioux

e as almas não dizem adeus

estão sempre unidas

 

no meu caso, é nesse filme e nesse piquenique

mas podia ser outro o cenário

tinha era de ser no verão

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 10:35

...

Sábado, 06.06.09

 

 

As crianças invadiram o jardim

com correrias e risos

 

Tudo voltou ao seu equilíbrio natural

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 19:24

Do Baú:

Terça-feira, 05.05.09

 

 

Traz contigo a alegria

dos dias brancos

 

brancos, brancos, brancos

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 19:58

Do Baú:

Terça-feira, 05.05.09

 

 

Digo  amor

digo  uma paisagem

digo  infinito

digo  branco, azul

 

Amo uma paisagem

infinita, branca e azul

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 19:47

Do Baú:

Quarta-feira, 29.04.09

 

 

Deserto   poeira   sol

 

Calor a escorrer das paredes brancas

e da poeira

 

o sol sempre presente

 

 

 



 

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 00:02

Do Baú:

Quarta-feira, 15.04.09

 

 

A luz escorrega pela sala

lentamente

ilumina-me agora o caderno

toca-me nos dedos

amarelada e ténue

treme por trás da folhagem

 

Ficar assim

muito quieta

e deixar o vento passear por mim

sem nada alterar

nem esta tarde quase-noite

 

 

 



 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 22:23

Do Baú:

Sábado, 04.04.09

 

 

Gardunha verde-névoa

do sol quente da tarde

 

As casas empilhadas

as árvores quietas

 

e esta aragem morna e sonolenta

 

 

 




("Do tempo dos sonhos", Beira Baixa, 1985)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 16:39

Do Baú:

Sexta-feira, 03.04.09

 

 

O vento anima as coisas vivas

 

não as deixa permanecer

na quietude morna do Verão

 

acorda-as.

 

 

 


 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 14:39

Do Baú:

Sexta-feira, 03.04.09

 

 

Évora das casas antigas

brancas, cheias de sol,

 

às horas do calor,

quietas e ociosas.

 

 

 



 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 14:33








comentários recentes


Posts mais comentados


links

coisas à mão de semear

coisas prioritárias

coisas mesmo essenciais

outras coisas essenciais

coisas em viagem


subscrever feeds